Telemedicina

You are currently viewing  Telemedicina
telemedicina
consulta online
consulta online

telemedicina tem se mostrado cada vez mais desenvolvida na sociedade. Isso porque a tecnologia está em constante desenvolvimento, democratizando, inclusive, o atendimento médico.

Porém, se você ainda não sabe do que se trata a telemedicina, ou tem dúvidas sobre o assunto, acompanhe este conteúdo até o fim e saiba mais!

O que é telemedicina e como funciona?

A telemedicina consiste na prestação de serviços da área médica que é feita pela internet. É o caso de médicos que acompanham seus pacientes, tiram dúvidas, fazem uma análise clínica e prestam consultas por vídeo chamada, por exemplo.

Nesse sentido, o paciente pode marcar um horário com o médico sem a necessidade de se dirigir até o consultório. O mesmo vale para o dia da consulta: ela pode acontecer à distância, diminuindo a burocracia para acessar uma consulta médica de qualidade.

O que é uma consulta telemedicina? Como é feita uma consulta por telemedicina?

Uma consulta telemedicina funciona de modo semelhante às consultas médicas que fazemos pessoalmente. No entanto, nesse caso o paciente não irá até à clínica médica, mas sim, será atendido no conforto da sua casa, por meio de uma plataforma online na qual médico e paciente se conectam em um horário previamente agendado.

Em que aspectos o uso da telemedicina se mostrou positivo?

A telemedicina já tem proporcionado uma série de benefícios para médicos e pacientes, como:

  • Redução de tempo para se dirigir à consulta.
  • Agilidade no processo de encontrar um médico à disposição.
  • Acompanhamento mais próximo e humanizado.
  • Redução de custos, em muitos casos.
  • Alcance maior, uma vez que pacientes que moram em locais distantes podem receber atendimento médico de qualidade.
  • Expansão de uma cultura de cuidados com a saúde.

Quando surgiu a telemedicina no Brasil?

Foi em 1990 que aconteceu a primeira experiência com telemedicina no Brasil. No entanto, ela foi concretizada apenas a partir de 1994. À medida que o tempo passa e a tecnologia vem se tornando ainda mais enraizada na vida das pessoas, a telemedicina tem se expandido cada vez mais.

Como a inteligência artificial tem sido aplicada na telemedicina?

Em alguns casos, a inteligência artificial vem sendo utilizada na análise de exames e no desenvolvimento de laudos mais precisos e qualificados. Além disso, o atendimento feito pela IA (antes de passar para o médico) também evita o “gargalo” de contatos e o excesso de “filas” que possam existir na área da saúde.

O que precisa para telemedicina?

A telemedicina necessita de uma infraestrutura online que seja qualificada. Uma empresa de saúde (clínica) precisa contratar outra que trabalhe focada em telemedicina, a fim de ter acesso a uma plataforma confiável e de qualidade. Depois disso, essa clínica poderá iniciar os serviços de telemedicina, desde que siga todas as regras estabelecidas pelos órgãos públicos.

Quanto ganha um técnico de telemedicina?

Não podemos apontar o valor exato, ainda mais porque estamos tratando de uma profissão muito recente no mercado. Porém, segundo fontes, é possível que um técnico em telemedicina receba salários que variam entre R$ 3 mil e R$ 7 mil.

Tipos de telemedicina

Existem algumas atuações que a telemedicina pode colocar em prática, como:

  • Consulta entre médicos;
  • Laudos médicos à distância;
  • Telessaúde correcional;
  • Gestão de doenças;
  • Triagens;
  • Entre outras possibilidades.

O que é permitido na telemedicina?

Na telemedicina são permitidas as consultas online e à distância, assim como os laudos à distância também podem ser ofertados. No entanto, em casos emergenciais a telemedicina não é permitida e um pronto atendimento precisa ser procurado.

Quando usar a telemedicina?

Quando não existe a necessidade de ser feito um exame físico, a teleconsulta pode ser bem interessante. Porém, se houver a necessidade de intervenção ou exame físico, o paciente ainda terá que procurar o médico pessoalmente.

A teleconsulta também pode ter caráter orientativo e humanizado, visando dar direcionamentos ao paciente para que este venha a ter mais bem-estar e qualidade de vida.

Telemedicina vantagens e desvantagens

Vantagens:

  • Agilidade;
  • Alcance;
  • Qualidade no atendimento;
  • Facilidade para encontrar médicos disponíveis;
  • Custo-benefício;
  • Poupa tempo.

Desvantagens:

  • Não é ideal para casos emergenciais;
  • Não supre os exames físicos;
  • Pode ser um pouco difícil para pessoas que não têm adaptação com as tecnologias;
  • Pode ser ruim em casos nos quais a internet é instável.

Quais os principais desafios da telemedicina?

A sua implementação e a mudança cultural são dois dos principais desafios da telemedicina. Isso porque tanto as instituições de saúde, quanto os próprios pacientes, podem ter problemas para se adaptar às novas tecnologias. Isso impede que a telemedicina seja ofertada de forma qualificada.

Além disso, a cultura de ir até o médico ainda é muito forte. Desse modo, essa mudança cultural tende a ser um problema para a telemedicina – as pessoas ainda têm tabus com relação ao atendimento online.

Como funciona e podemos encontrar uma telemedicina gratuita?

O funcionamento é simples: o paciente pode agendar um horário para ter a sua consulta online com o médico, fazendo a vídeo chamada no dia e hora acordados.

Quanto ao atendimento gratuito, ainda é necessário encontrar instituições que possam ofertar esse tipo de atendimento.

Conclusão

A telemedicina ainda gera muitas dúvidas e dificuldades para algumas pessoas. Em contrapartida, também tem se mostrado como uma ferramenta bastante interessante, especialmente para quem busca agilidade e atendimento mais humanizado.

Fato é que ainda temos muito o que caminhar nesse ramo, mas outro fato é que a tecnologia veio para ficar. Nos resta saber como usá-la da melhor forma possível.

Referências

Telemedicina: uma visão geral do estado da arte. Disponível em: <https://telemedicina.unifesp.br/pub/SBIS/CBIS2004/trabalhos/arquivos/652.pdf> Acesso em 30 maio 2022.

Telemedicina e Telessaúde – Um panorama no Brasil. Disponível em: <http://pbh.gov.br/informaticapublica/ANO10_N2_PDF/telemedicina_telesaude.pdf> Acesso em 30 maio 2022.

Rate this post